quinta-feira, janeiro 12, 2012

Melancolia

Como eu poderia dizer tudo? É intenso, é incompreensível, é autodestrutivo. Domina-me. 
Eu tinha um Sonho, uma ilusão do entardecer; alentava-me. Mas já não entardece, é outro dia. Naqueles breves momentos, o sonho fora verbalizado. Infelizmente, ignorado e superado pela mórbida realidade. Sonhos são como sentimentos: se  verbalizados à luz da objetividade, tornam-se tolos, inúteis. Realidade, quando refletida, é deplorável; quando sentida, extremamente melancólica. Essa dualidade cega me destrói aos poucos. 
Volte para casa, meu bem, nosso Sonho está nos esperando. Antes que seja tarde, antes que anoiteça para nós.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba as postagens por e-mail